Entenda a diferença entre as portas TCP e UDP

Você já deve ter se deparado com diversas referências feitas sobre TCP e UDP sem saber do que se trata. Levando em consideração que são duas coisas distintas, ainda assim estamos lidando com dois protocolos responsáveis por envio de dados em pacotes. Esses pacotes são enviados através de um endereço IP, seja através da internet ou de uma rede local.

Neste artigo vamos falar sobre o que é TCP e UDP e quais são as principais diferenças entre o dois. Vamos falar sobre esses protocolos e sobre a sua importância na hora de estabelecer uma conexão correta com a internet. Continue lendo este artigo até o final e aprenda a diferença entre os dois modelos de protocolo e suas principais diferenças.

tcp e udp

Porta TCP

A porta TCPTransmission Control Protocol – representa uma sigla que traduzida significa Protocolo de Controle de Transmissões. Esse protocolo é um dos mais comuns no que diz respeito ao envio de pacotes de dados através da internet. Quando você acessa um site, o seu computador manda pacotes de dados para um servidor. Este servidor enviara conteúdos para o computador que está acessando esse servidor.

As informações que são enviadas para o seu computador vindas de um servidor, são “editadas” pelo seu navegador. O objetivo deste trabalho é de mostrar somente o que deve ser mostrado pelo seu navegador, filtrando aquilo que você pesquisa.

Esse processo de recebimento e envio de dados em pacotes acontece constantemente, principalmente quando alguém clica em um link. Quando uma pessoa faz login, faz o comentário em um site ou blog, quando são realizados estes tipos de coisas, o protocolo está trabalhando. O TCP irá fazer o envio de pacotes de dados e se certificar que esses pacotes foram entregues de forma correta.

Você pode ver isso com clareza ao compararmos o TCP com uma pessoa realizando uma ligação telefônica. Ou seja, a pessoa irá ligar para você para saber se você chegou a um destino ou se um pacote enviado através do correio chegou em sua casa.

Esse protocolo irá adotar uma sequência numérica própria para o funcionamento dos pacotes de dados. Para que esses pacotes de dados cheguem de forma correta no seu destino, essa sequência entra em ação. Se acontecer de um pacote não ser enviado corretamente, então o mesmo bloco de dados será enviado novamente. Todo esse processo é checado de forma minuciosa pelo TCP que irá garantir a entrega dos dados sem corromper informações dos pacotes.

É assim que são realizadas as transmissões de pacotes de dados através do protocolo TCP. A confiança no seu processo de envio e confirmação é a sua marca registrada e sua característica de maior destaque. É através do TCP que as pessoas podem fazer downloads, ainda que a velocidade na transmissão sofra oscilações. Desta forma, os pacotes de dados baixados em um computador irão chegar completos. Assim também acontece quando uma pessoa abre uma página online, o TCP garante que a página irá abrir por completa, mesmo que o carregamento da página seja lento.

  • Dica: nós utilizamos o site testar portas abertas para verificar se uma porta UDP ou TCP se encontra acessível ou não.

Porta UDP

Você pode ver o UDP como um grande auxiliador para o TCP na transmissão dos pacotes de dados. O UDPUser Datagram Protocol – irá trabalhar junto com o TCP no envio de pacotes de dados, mas o foco deste protocolo é de resolver qualquer tipo de erro enfrentado pelo TCP.

Desta forma, o processo de recebimento e envio dos dados é mais rápido, levando em conta que todo esse processo tende a ser lento. O UDP pode ser visto como um grande irmão que trabalha em parceria para processos mais rápidos e, mas pouco confiáveis.

Quando o protocolo UDP é gerado, as informações são enviadas a um destinatário, mas ele não faz a confirmação do recebimento correto dessas informações como é feito pelo TCP. Neste caso, se ocorrerem erros, os pacotes enviados com erros não poderão ser recuperados. O próximo pacote será enviado e a lacuna no envio dos pacotes irá ocorrer. Ainda que exista uma chance de ocorrerem erros através deste processo, ele tem o potencial de maximizar o envio dos pacotes de dados.

Devido a chance de ocorrer erros neste processo, o protocolo é muito utilizado em diversas situações onde a perda destes dados não irá afetar a comunicação com grandes impactos negativos. Um exemplo disso, é uma transmissão de vídeo, onde as distorções e falhas não implicam em grandes percas. Ainda que o vídeo chegue falhando com o aúdio fragmentado, o impacto é menor do que um documento que chegou incompleto para ser assinado.

Em jogos de games online, a melhor pedida é a utilização do protocolo UDP, maximizando as portas online para estes jogos. Ainda que ocorram perdas em pacotes de dados, o jogo terá um andamento agradável para quem estiver jogando. Nos dois casos o que importa para a transmissão é o fator “tempo real” em destaque.

Aplicações dos dois protocolos

Na prática, a utilização dos dois protocolos será de responsabilidade do desenvolvedor de cada aplicação. Por mais que a maioria escolha o TCP devido a confiança, outras formas de aplicação funcionarão melhores através do UDP. Se você desejar se atentar sobre o tipo de conexão utilizada pelo seu computador, algumas ferramentas disponíveis poderão lhe ajudar. Uma das ferramentas é o Wireshark, que pode ajudar você a identificar erros na rede, quais são o protocolos utilizados e se existe conexões suspeitas em sua rede.

Se você for um administrador de rede ou um criador de softwares, então a diferença entre as portas TCP e UDP não afetará muito sua experiência. Sempre que for configurar um roteador ou um firewall, o ideal é que você opte pela opção “ambos” caso você não tenha certeza sobre todas as aplicações que irá utilizar. Se houver dúvidas em relação a isso, o ideal é que você faça essa escolha.

É bom lembrarmos que não existem somente os protocolos TCP e UDP na internet, sendo que você irá se deparar com o RPT, CMP e também o SCTP. Quanto mais você souber sobre eles, melhor você poderá configurar sua rede e se proteger de ataques.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *